Páginas

30 de jun de 2009

NUMEROLOGIA PARA CASAS E EMPRESAS - CURSO COM CLARICE LOPES

CLARICE LOPES - CONVIDA TODOS A CONHECER A NUMEROLOGIA DE PERTO.

A numerologia é a ciência que estuda os números e sua influência na vida de cada um de nós.

A importância principal é conduzir as pessoas para o autoconhecimento, potencializando com isso o máximo de suas qualidades seja pela adoção de uma letra que fortaleça aspectos vitais de sua personalidade, seja pela troca de uma vogal ou consoante.

Como exemplos citamos o empresário e apresentador de televisão Silvio Santos,cujo o verdadeiro nome é Senor Abravanel, o escritor e apresentador brasileiro de televisão Jô Soares que se chama José Eugênio Soares e o cantor, compositor e pianista inglês Elton John que na verdade se chama Reginald Kenneth Dwight entre outros exemplos.

Em alguns países o estudo e a crença em relação aos números é tratada com muita seriedade. Na China, por exemplo, os algarismos 4 e 8 estão associados à morte e à prosperidade.


Sendo assim, em muitos edifícios da China não existe o 4° andar e nem os andares terminados em 4 como exemplo, 14, 24, 34 etc.

Os aparelhos de telefone celular são escolhidos não pelo design ou cor, mas pelo número. Se o cliente quiser comprar uma linha telefônica que contenha vários 8, tem de pagar até 20 vezes mais do aquele que contenha algum número 4.

Os japoneses evitam os números 4 e 9 porque 4 (shi) significa morte e 9 (kyu) significa sofrimento. Nos hospitais não existem o 4° andar e nem sala com o número 4, porque em princípio significa “sala de morte”. Nos E.U.A os prédios não têm 13° assim como na Europa.

Na Índia o 13° é um símbolo religioso apreciado, os templos hindus apresentam normalmente 13 estátuas de Buda.

No Brasil, mais especificamente em São Paulo, existe um grande pólo empresarial situado na Av. Eng.Luiz Carlos Belini onde alguns prédios em que funcionam empresas multinacionais, sobretudo norte-americanas, não tem o 13o. andar.

Atualmente há uma demanda muito grande em relação à numerologia empresarial. É por meio deste instrumento que podemos realizar a análise e o cálculo do valor numerológico da razão social, do nome fantasia, da data de constituição,endereço comercial, sociedade, marcas e produtos.

A numerologia permite avaliar um conjunto de características relacionadas à postura, habilidade, identificações e outros elementos que podem contribuir para seleção de profissionais , sócios e parcerias em determinados empreendimentos.

PROGRAMA DO CURSO DE NUMEROLOGIA POR CLARICE LOPES

  • A Numerologia e Pitágoras
  • Os Números e os seus aspectos, símbolos e planetas
  • Os Números simples
  • Os Números mestres
  • Os Números Cármicos
  • Os Números e seus arquétipos
  • O mapa Numerológico e sua interpretação
  • Numerologia Empresarial
  • Numerologia e os Florais
  • Exercícios e prática

CLARICE LOPES:
É consagrada pela mídia como mestre em Numerologia. É uma incansável pesquisadora do universo , apresentando formação acadêmica em biomedicina e farmácia. Reúne em seu portfólio curricular diversos cursos de extensão na área de medicina alternativa e terapia com florais . Possui mais de 20 anos de vivência como consultora de numerologia para pessoa física e Jurídica. Atende políticos, empresários e artistas e mais recentemente presta serviços para algumas unidades de negócios em empresas nacionais e multinacionais

VAGAS LIMITADAS

O curso será ministrado nas instalações da WAZEM CONSULTORES
Av. Ernani do Amaral Peixoto, 60/1208 - Centro-Niterói

- INÍCIO: 08 DE JULHO DE 2009
- HORÁRIO: Quartas-feiras de 18:30h - 20:30 h
- TÉRMINO: 23 DE SETEMBRO DE 2009

INVESTIMENTO: R$ 100,00 (cem reais) mensais. Incluidos o material didático e certificado.

O pagamento deverá ser efetuado até 06/07/2009.em nome de:
CLARICE LOPES, - BANCO ITAÚ
Nº DA AGÊNCIA: 0059
CONTA / CORRENTE Nº: 19706-1

Enviar o comprovante de pagamento para o e-mail:
wazem@wazem.com.br ou via Fax : 2224-4249 - INFORMAÇÕES TEL: (21) 2224-4249 - http://www.wazem.com.b/

Aproveitem as liçoes e voltem aqui para comentar e compartilhar.

12 de jun de 2009

TaPET® - A NOVIDADE EM TAPETES E CARPETES ECOLÓGICOS

Aí vai um belo exemplo da aplicação efetiva dos 3Rs (Reuse, recicle e reduza) na produção de carpetes e tapetes ecológicos.

Nos produtos fabricados por essas duas irmãs no Sul de Minas Gerais, os Rs estão literalmente entrelaçados e você pode conferir toda a coleção das moças em
http://www.claudiaaraujo.com.br/index.php, como o inédito taPET® Mescla.

taPET® - Mescla

Isto mesmo, este tapede é de cima, foi criado a partir do reaproveitamento de garrafas plásticas recicladas e foi 100% confeccionado com fio Pet em tear manual e é ideal para áreas molhadas como banheiros, cozinhas, varandas e terraços.

taPET® - Pelego

Inacreditável?!?! Pois creia!!! Este outro padrão fofinho e cabeludo aí de cima também foi fabricado com fios de garrafas plásticas recicladas e o catálogo você vê em http://www.claudiaaraujo.com.br/pdf/catalogo_claudia.pdf , como os demais produtos aí de baixo e muito mais.

Padrão: TRICOT

Ao contrário dos fios tradicionais elas passaram a usar fios inusitados como o rami encerado, usado para amarrar sacas de café, a piaçava vinda das fábricas de vassouras, a fibra da bananeira e até o uso de fibras até então vistas como resíduos e desconsideradas como opção de design.

Os diversos padrões, cores e texturas dos produtos da empresa, são os frutos de um trabalho de pesquisa e inovação, em que as tecelãs usam matérias-primas oriundas dos mais diversos tipos de materiais, como resíduos de máscaras hospitalares e da indústria têxtil.

Padrão: Flores

Viu aí? Agora, depois de olhar todos os padões que elas fazem por lá, tu faz um favor? Volta aqui p´ra me contar o que achou, ok?!

ORIENTE-SE! DICAS DECORAÇÃO ZEN

Os povos orientais priorizam alguns requisitos na composição de seus ambientes externos e internos - Simplicidade, aconchego e privacidade.
Estes são os pilares na criação dos espaços, sinal de menos é sempre mais.


A leveza e o bom gosto estão presentes nas formas, texturas, cores e materiais utilizados com a predominância de linhas mais retas.
O bambú, um verdadeiro ícone da construção civil e no design desses povos, é usado por sua durabilidade, resistência e por ser um material natural e renovável, cuja produção, manejo e aplicações geram o mínimo de impacto ambiental.

E enquanto uma árvore leva ao menos sete anos para gerar uma quantidade mínima de madeira, um bambuzal de apenas três anos gera uma enorme massa de material praticamente pronto para ser utilizado.

Assim, seja na fabricação de móveis, objetos de decoração, biombos, painéis, estruturas de telhado, esquadrias e até mesmo dutos e tubulaçoes hidráulicas, ou o que mais a criatividade conceber, o bambú é a alternativa da nova era.

Além do bambú, a decoração oriental destaca outos materiais e texturas como o vime, a madeira do cedro, o papel de arroz, a laca e sedas de diferentes padronagens.
Na paleta de cores usada na decoração oriental usa-se o branco e o preto como cores para o pano de fundo, usando-as em paredes e móveis e convém escolher preferencialmente uma, dentre as cores mais vívidas, tais como: vermelho, laranja, amarelo e azul para destacar o estilo dando maior ênfase a revestimentos e objetos de design.
Para não correr o risco de excessos é aconselhável usar de parcimônia ao escolher as core(s) a serem usadas, sem misturar várias cores vívidas num mesmo espaço, evitando-se com isso a descaracterização do estilo e a poluição visual.

Tons de dourado, que remetem ao luxo, a nobreza e a riqueza, também podem ser usados, mas é melhor não pecar pelo exagero, usando-os somente em alguns (poucos) detalhes.


Dentre os elementos decorativos pode-se dispor de diferentes tipos de luminárias e lanternas, tatames e almofadas, biombos, móbiles, bandeiras e estandartes; pinturas de paisagens, da fauna, da flora, da caligrafia e da simbologia típicas orientais e mesmo peças de porcelanas e de mobiliário com design mais tradicional ou mais contemporâneo.

Os povos do oriente, desenvolveram um sistema denominado Feng Shui, que analisa a presença ou a ausência das energias Yin e Yang num local, usando uma ferramenta chamada Baguá para mapear o C´hi - a energia vital encontrada em ambientes e pessoas, que deve estar sempre em total equilíbrio. A ilustração abaixo é um exemplo de Baguá.


Que essas dicas sirvam como ponto de partida para sua inspiração.
Vou falar mais detalhadamente sobre os demais elementos decorativos orientais que mencionei aqui em outras postagens referentes ao assunto.
Sinta-se a vontade para acompanhar e comentar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...