Páginas

12 de jun de 2009

ORIENTE-SE! DICAS DECORAÇÃO ZEN

Os povos orientais priorizam alguns requisitos na composição de seus ambientes externos e internos - Simplicidade, aconchego e privacidade.
Estes são os pilares na criação dos espaços, sinal de menos é sempre mais.


A leveza e o bom gosto estão presentes nas formas, texturas, cores e materiais utilizados com a predominância de linhas mais retas.
O bambú, um verdadeiro ícone da construção civil e no design desses povos, é usado por sua durabilidade, resistência e por ser um material natural e renovável, cuja produção, manejo e aplicações geram o mínimo de impacto ambiental.

E enquanto uma árvore leva ao menos sete anos para gerar uma quantidade mínima de madeira, um bambuzal de apenas três anos gera uma enorme massa de material praticamente pronto para ser utilizado.

Assim, seja na fabricação de móveis, objetos de decoração, biombos, painéis, estruturas de telhado, esquadrias e até mesmo dutos e tubulaçoes hidráulicas, ou o que mais a criatividade conceber, o bambú é a alternativa da nova era.

Além do bambú, a decoração oriental destaca outos materiais e texturas como o vime, a madeira do cedro, o papel de arroz, a laca e sedas de diferentes padronagens.
Na paleta de cores usada na decoração oriental usa-se o branco e o preto como cores para o pano de fundo, usando-as em paredes e móveis e convém escolher preferencialmente uma, dentre as cores mais vívidas, tais como: vermelho, laranja, amarelo e azul para destacar o estilo dando maior ênfase a revestimentos e objetos de design.
Para não correr o risco de excessos é aconselhável usar de parcimônia ao escolher as core(s) a serem usadas, sem misturar várias cores vívidas num mesmo espaço, evitando-se com isso a descaracterização do estilo e a poluição visual.

Tons de dourado, que remetem ao luxo, a nobreza e a riqueza, também podem ser usados, mas é melhor não pecar pelo exagero, usando-os somente em alguns (poucos) detalhes.


Dentre os elementos decorativos pode-se dispor de diferentes tipos de luminárias e lanternas, tatames e almofadas, biombos, móbiles, bandeiras e estandartes; pinturas de paisagens, da fauna, da flora, da caligrafia e da simbologia típicas orientais e mesmo peças de porcelanas e de mobiliário com design mais tradicional ou mais contemporâneo.

Os povos do oriente, desenvolveram um sistema denominado Feng Shui, que analisa a presença ou a ausência das energias Yin e Yang num local, usando uma ferramenta chamada Baguá para mapear o C´hi - a energia vital encontrada em ambientes e pessoas, que deve estar sempre em total equilíbrio. A ilustração abaixo é um exemplo de Baguá.


Que essas dicas sirvam como ponto de partida para sua inspiração.
Vou falar mais detalhadamente sobre os demais elementos decorativos orientais que mencionei aqui em outras postagens referentes ao assunto.
Sinta-se a vontade para acompanhar e comentar!

4 comentários:

Edy pinturas e artes disse...

Olá em pesquisas na net sobre hotel/hotelaria encontrei seu link/blog e, gostaria de trocar experiências, dicas, conhecimento, etc.
Minha mãe tem um hotel, simples e que precisa de, digamos, diversos reparos a minha mãe já não tem mais disposição para fazer cursos, etc; assim, eu busco orientá-la no possível, pois meu ramo de trabalho é outro, desta forma quero trocar experiências, dicas, conhecimento, enfim qualquer dica/sugestão será sempre bem vinda, ou ainda, se puder indicar onde posso colher maiores informações.
Caso tenha interesse, por favor, mande e-mail.
Tenho blog’s de artesanatos e após colher informações pretendo elaborar um sobre hotel/hotelaria, meus endereços seguem abaixo (espero a sua visita e de seus amigos).

Desde já agradeço a atenção.
Edmara.
- Meus endereços:
- http://edypinturaseartes.blogspot.com
- http://edypinturaseartes-vendas.blogspot.com
- http://edypinturaseartescomrevistas.blogspot.com
- http://enkantosdaboamesa.blogspot.com
- Veja os meus itens compartilhados: http://www.google.com.br/reader/shared/04834010170022514142

Lecy Picorelli - Arquiteta e urbanista disse...

Oi Edy,
Adorei receber sua visita. Volte sempre!
Sinta-se em casa para opinar, acrescentar e sugerir temas novos interessantes.
Você deu uma idéia: vou procurar colocar futuras postagens com dicas e notícias de arquitetura, decoração, paisagismo, mobiliários, fornecedores, revestimentos, equipamentos, iluminação e etc., voltados para pousadas e hotéis. Espero que goste.
Quanto ao hotel de sua família, há que se esclarecer duas questões importantes. A 1º é onde onde ele se localiza e a 2º é o perfil do seu público alvo (seus hóspedes).
Essas informações são importantes para se definir o partido arquitetônico mais adequado, assim como favorecer o perfeito planejamento de reparos, reformas e da manutenção predial.
O tipo de clima e a geografia direcionam a ambientação e a compartimentação dos espaços internos e externos; públicos e privados e o tipo de hóspedes auxilia na definição do estilo a ser empregado, os tipos de serviços oferecidos e o padrão de atendimento e de qualidade.
Com base nisso fica mais fácil escolher os melhores tipos de revestimentos e materiais, de móveis, iluminação, da funcionalidade dos espaços, das formas de entretenimentos e serviços adicionais que poderá usar como diferenciais do seu negócio.
Dedicando atenção à esses fatores você poderá não só garantir a total satisfação de seus hóspedes e também uma manutenção mais simplificada e até mesmo sistemas de reposição e reparos ideiais, que não doam tanto no seu bolso e descompliquem a sua execução.
Lembre-se que hóspedes buscam não só por preço, conforto, qualidade dos serviços oferecidos, privacidade, etc., mas principalmente por viver experiências inesquecíveis, por isso crie os espaços e as atividades de lazer conforme o que seus hóspedes buscam. Isso vai lhes proporcionar um verdadeiro encantamento, o que fará com que eles se tornem fãs e queiram voltar mais e mais vezes.Fique a vontade para me escrever por e-mail.
Vou conhecer seus blogs.
Abs,

Flávia Ribas disse...

Olá, eu sou uma estudante de arquitetura do 3 ano e estou fazendo um projeto de decoração com o estilo oriental, e gostaria de parabenizar o artigo que me deu um ponto de partida excelente! Muito Obrigada.

Flávia Ribas - Porto Velho/RO

Lecy C. Picorelli - Arquiteta, urbanista e bioconstrutora disse...

Olá Flávia,
Bem vinda!
Obrigada pelo elogio. Fico contente por contribuir.
Consulte também o meu artigo sobre Almofadas Orientais (http://lecycpicorelli-arquitetura.blogspot.com/2009/07/oriente-se-almofadas-orientais.html).
Estou preparando também um outro artigo sobre Luminárias Orientais, que em breve publicarei aqui no Blog.
Volte sempre!
Abs,

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...